Gestão Escolar: A tecnologia em benefício ao combate à evasão escolar

By: | Tags: , , | Comments: 0 | setembro 2nd, 2018

No Brasil, o uso da tecnologia da informação, já é apontado como corriqueiro no cotidiano das pessoas em geral. As crianças parecem já nascerem aliadas e familiarizadas com ela, o que as tornam autodidatas no assunto, muito antes mesmo de frequentar a escola. Por sua vez, preocupados em atender a essa realidade contemporânea, as escolas vêm buscando adaptar-se a um novo sistema de ensino, no qual possa atender de forma progressiva, a esse público exigente e dotado de conhecimentos de ponta, que em sua grande parte, não vê como atrativo, o ensino em sala de aula embasado em atividades limitadas e restritas, o que contribui para o desinteresse e consequentemente a evasão escolar.

Mas como levar a esse público, o interesse pelas atividades escolares? Como aliar esse processo tecnológico à diminuição da evasão escolar?

Preocupados com esse tipo de comportamento atrelado a essa juventude movida à informação tecnológica, gestores e educadores têm buscado alternativas que possam amenizar esses impasses. Na busca dessas respostas, algumas redes de ensino e empresas de tecnologia estão apostando em Apps – Aplicativos que apresentam propostas de atividades educativas, fortalecendo o laço familiar em rotinas prazerosas e contribuindo dessa forma na diminuição da evasão escolar. Na visão dessas instituições, uma das alternativas encontrada está nos relatórios da gestão escolar – através de novos aplicativos existentes no mercado, com multifuncionalidade tecnológica que atendem alunos, professores e pais, tais como: a mensuração do desempenho escolar do aluno, através de registro de atividades e provas, a divulgação de boletins, o controle de frequência, possibilitando a identificação de possíveis indícios de evasão, assim como o fortalecimento do vínculo escola/família, fator preponderante para a diminuição da evasão escolar.

Alguns fatores preponderantes para a evasão escolar:

  • Pouco investimento em tecnologia;

Em geral, a má qualidade do ensino contribui para o desinteresse do aluno e consequentemente, o abandono escolar. O aluno está adaptado a uma sociedade informatizada, e o sistema tecnológico faz parte do seu dia a dia fora da escola.

  • Falta de acompanhamento contínuo;

A frequência escolar é de grande importância no processo escolar. A sua falta pode acarretar além da desmotivação por parte do aluno, incentivo a negligenciar suas atividades educativas, contribuindo dessa forma para uma correlação da evasão escolar. O controle da frequência escolar, também se apresenta como um suporte de segurança, através dela, a escola se respalda junto à família, e juntos buscam resoluções plausíveis para o acompanhamento do aluno em suas atividades, e contribui ainda para a promoção de vínculo entre o aluno e o professor.

  • Dificuldades de aprendizagem;

Quando o aluno não recebe a devida atenção, geralmente ocorrem reprovações consecutivas, muitas vezes associadas a transtornos e déficit de aprendizagem. Problemas que podem levar a desmotivação e consequentemente ao abandono dos estudos por acreditar não ser capaz de aprender. A atenção ao aluno no seu cotidiano escolar, favorece a identificação de possíveis dificuldades, além contribuir para o seu bom desempenho intelectual e cognitivo.

A gestão escolar necessita está aberta às necessidades e dificuldades do seu público – professores, alunos e pais. Um bom plano pedagógico pode fazer a diferença. Investir numa gestão democrática é dá espaço para que todos participem das discussões e possam compartilhar experiências e sintam-se pertencentes ao todo, caminhando na mesma direção em prol de resultados satisfatórios.

Fonte: https://gestaoescolar.org.br/conteudo/2064/escolas-combatem-evasao-escolar-com-tecnologia.
Disponível em 31.08.2018.